Sem mais delongas: Em Primeira Cruz, candidatura de Dr. Guilherme é deferida pela Justiça Eleitoral e desmonta mais uma fake news do grupo da situação

Compartilhar

Cai mais uma armação produzida pela indústria de fake news que se tornou a candidatura a reeleição de Nilson do Cassó e sua turma.

Na semana passada andaram espalhando pelos grupos de whatsapp e redes sociais que a candidatura de Dr. Guilherme, principal nome da oposição, estaria inelegível, pois o mesmo não teria se desincompatibilizado do exercício da medicina que exerce no serviço público Estadual. A notícia falsa, teria motivado e induzido a erro até jornalistas com anos de profissão e vasta quilometragem. Mas tudo não passou de mais uma tentativa fracassada e desesperada de reverter o jogo e tentar salvar do naufrágio a barca furada que se tornou a candidatura de Nilson do Cassó.

Hoje, 23 , o juiz eleitoral Aurimar de Andrade Arrais Sobrinho, emitiu sentença DEFERINDO “o pedido de registro da coligação “LIBERTAR PARA CRESCER (PSB, PT, PSD, PC do B)”, para concorrer à(s) Eleições Municipais 2020 no município de PRIMEIRA CRUZ”. “E assim sendo, sem mais delongas, o presente caso é de improcedência dos pedidos contidos na ação de impugnação ao registo de candidatura, de modo a DEFERIR o pedido de registro de candidatura de GUILHERME CARNEIRO AGUIAR, para o cargo de Prefeito de Primeira Cruz – MA, por ter preenchido todos os requisitos exigidos pela, como apontado nas informações prestadas pelo Cartório Eleitoral desta 32ª ZE (ID 18835427), devendo-se proceder às devidas anotações nos sistemas eleitorais”, pontuou o magistrado em sua sentença. Encerrando mais uma farsa eleitoral na cidade de Primeira Cruz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *