SABOTAGEM: BOLSONARO, SEM APRESENTAR PROVAS, PÕE EM DÚVIDA SEGURANÇA DO ENEM

De Hanrrikson de Andrade no UOL.

Bolsonaro e o ministro da Educação: Sinuca de bico que pode custar a cabeça de Weintraub

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o governo vai apurar se houve um erro de gestão, falha humana ou sabotagem na correção do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019. Erros em parte das notas prejudicaram cerca de 6.000 estudantes. Segundo o Ministério da Educação, candidatos que fizeram a prova de uma cor tiveram o gabarito corrigido como se fosse de outra.

“Tenho que conversar com ele [ministro da Educação, Abraham Weintraub] para ver o que está acontecendo. Se realmente foi uma falha nossa, se tem alguma falha humana, sabotagem… Seja lá o que for. Temos que chegar no final da linha e apurar isso daí”, declarou ele ao chegar no Palácio da Alvorada, na manhã de hoje. O mandatário retornou de uma viagem oficial à Índia.

“Não pode acontecer isso. Sabemos que tudo está na mesa. Não quero me precipitar dizendo o que deve ter acontecido com Enem”, completou.

De acordo com o presidente, “todas as cartas estão sobre a mesa”, inclusive a hipótese de sabotagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *